10 dicas de especialistas para melhorar a pele

10 dicas de especialistas para melhorar a pele

Algumas mulheres acreditam que, para uma pele suave e saudável, devem gastar todas as suas economias em cremes caros. No entanto, isso não precisa ser o caso. Algumas dicas e cuidados básicos irão ajudá-lo a melhorar a pele e ter uma aparência invejável. Nós damos-lhe dez ideias:

1) Limpeza à noite

No final do dia, é essencial limpar o rosto para remover os restos de maquiagem, células velhas, sujeira, poeira e bactérias. A higiene ajuda a pele a ser oxigenada, removendo obstruções que poderiam entupir os poros. Após o creme de limpeza, sugere-se lavar com água morna.

2) Hidratar

Após a limpeza, aplique uma loção ou creme hidratante (que não possui muitos agregados), dependendo do tipo de pele. Recomenda-se usar durante a noite algum produto que contenha retinol, peptídeos ou fatores de crescimento, para reparar os tecidos.

3) Lavar de manhã

No início do dia, é necessário limpar novamente a pele, para eliminar as toxinas e a gordura eliminadas enquanto dormimos. De manhã, você só precisa lavar com água. Não exagere com limpeza; Se não, você corre o risco de remover a camada lipídica natural da pele.

4) Umedeça de manhã

Depois de lavar o rosto, deve ser nutrido, para que mantenha a umidade e a elasticidade. Para fazer isso, aplique um creme hidratante ou loção nutritiva em todo o rosto e pescoço. Além de manter a pele saudável, ajudará a ter um rosto luminoso e suave. E, ao mesmo tempo, as rugas serão evitadas.

5) Protetor solar antes de sair

Com a pele limpa e hidratada, só é necessário protetor solar. Embora não se atire ao sol, basta caminhar alguns quarteirões ou ficar no quintal para pendurar roupas para que o sol queime a pele e deixe manchas, além de correr o risco de contrair câncer de pele. É por isso que é melhor escolher o fator de proteção 30 para cima.

6) Em caso de acne

Se você tem um granito, não toque nele! Apertar os granitos pode deixar uma marca para sempre. De acordo com especialistas em pele, se for um único granito, você pode aplicar um produto como o ácido salicílico, que ajuda a secá-lo. Mas nunca esprema os granitos! Além das cicatrizes, quando tocadas, elas podem se espalhar para o resto do rosto!

7) Beleza, entra pela boca

Para ter uma pele tensa, luminosa e sem rugas, a hidratação é essencial. Não só da mesma pele. É necessário beber água. Além disso, a dieta ajuda a pele a ter vitaminas e nutrientes essenciais para manter sua elasticidade e firmeza. Adicione à sua dieta mais vegetais frescos, frutas, grãos integrais e proteínas sem gorduras.

8) Para olheiras

Mais comum em pessoas que dormem pouco, as olheiras têm dois componentes: edema (acúmulo de líquido) e pigmentação. Para aliviar o edema e reduzir o inchaço das bolsas sob os olhos, podem ser aplicadas compressas de algum descongestionante, por exemplo, chá de camomila. Se o problema é pigmentação, consulte o dermatologista!

9) Para ter uma pele saudável, não esfolie!

A proliferação de produtos “esfoliantes” instalou nas mulheres o hábito de esfoliar a pele com frequência. Mas para especialistas, isso é um erro. Cremes com grânulos não esfoliam e também irritam a pele.

10) Faça algo pela pele a cada 12 horas

Para verificar a importância do cuidado prévio, recomenda-se não deixar passar mais de 12 horas sem aplicar algum tipo de tratamento ou produto para a pele (o protetor solar é válido): limpar, tratar, prevenir.

 

Melhores remédios para combater os fungos no couro cabeludo

Melhores remédios para combater os fungos no couro cabeludo

Manter o couro cabeludo seco irá ajudá-lo a completar o efeito desses tratamentos naturais para combater o fungo na cabeça com muito mais eficácia.

Esta parte do corpo é freqüentemente afetada por dermatites, fungos ou infecções. Portanto, a prevenção e o cuidado são essenciais para evitar conseqüências sérias.

Fungos, a infecção mais comum no couro cabeludo, são conhecidos como micose do couro cabeludo. É causada por microrganismos que proliferam quando há umidade constante no cabelo . Também pode ocorrer quando o couro cabeludo apresenta lesões ou feridas e a higiene dessa área do corpo é muito ruim.

Esta infecção é contagiosa. Portanto, evite o contato ou o uso de acessórios pessoais de alguém que tenha pego cogumelos. Manchas vermelhas, inchadas no couro cabeludo, juntamente com queimação e coceira , também são um sintoma claro de infecção fúngica.

Leia também:8 remédios naturais para tratar úlceras na boca

Cogumelos enfraquecem o cabelo e impedem que ele cresça.

Como evitar fungos no couro cabeludo?

A umidade é uma das causas do aparecimento de fungos. Portanto, evite manter seu cabelo molhado por muito tempo.

Além disso, não use chapéu ou touca que impeça o cabelo de secar após a lavagem. No entanto, mantê-los limpos reduzirá o risco de contrair infecções fúngicas. A higiene é, portanto, a chave para prevenir essas condições.

Tente não usar os pertences de outras pessoas, por exemplo:

  • pentes
  • Pinça
  • Caps
  • travesseiros
  • toalhas

Além disso, mantenha todos os itens que você usa para o cuidado do seu cabelo limpo, bem como fronhas e toalhas. De preferência, lave-os em água quente pelo menos uma vez por mês.